História de Bangkok

História de Bangkok

Conheça a história de Bangkok desde sua fundação até se tornar uma das principais cidades do sudeste asiático.

Bangkok, capital do país dos Thai, foi fundada em 1782 pelo rei Rama I. Antes da fundação da capital de Siam (como a Tailândia foi chamada até o século XX), o povo Thai, originário do rio Yuanan e deslocado pelos chineses até o sul, tinha se organizado ao longo de sua história em três reinos com suas respectivas capitais.

O primeiro reino teve sua capital em Sukhothai, foi fundado em 1238 e perdurou até 1350. Os Thai proclamaram sua independência dos Khmer e criaram o reino de Siam.

O segundo reino teve por capital Ayutthaya e governou Siam de 1350 a 1767. O reino de Ayutthaya foi fundado pelo rei Ramathibodi I. Ayutthaya, cruzada por diversos leitos de água, chegou a ser batizada como a “Veneza do Oriente” e seu nome significa “cidade impenetrável”.

Depois de anos de luta, o reino de Ayutthaya caiu nas mãos dos birmanos, que saquearam e destruíram a cidade em 1767.

No mesmo ano de 1767, os tailandeses, com o rei Taksin o Grande à frente, expulsaram os birmanos e transferiram sua capital a Thonburi, nascendo um reino que se manteve por pouco tempo. Em 1782, a capital foi transferida à recém-nascida Bangkok.

Quando o general Chao Praya Chakri chegou ao trono de Siam com o nome de Rama I, temendo uma nova invasão dos birmanos, mandou construir um palácio na outra margem do rio Chao Phraya para, em caso de ataque, poder fugir facilmente. Na outra margem existia um pequeno povoado chamado Krung Thep "cidade dos anjos" e que, com o tempo, adotaria o nome de Bangkok.

A denominação de Bangkok provém de uma pequena aldeia próxima de pescadores chamada Ban Kok, “aldeia dos oliveiros”. Essa aldeia existia há muito tempo e era a base dos comerciantes europeus no caminho da antiga capital Ayutthaya e do sudeste asiático.

Bangkok passou a ser a capital definitiva de Siam, um país que na metade final do século XX passou a se chamar Tailândia.

Bangkok é uma cidade cortada por diversos canais, já que a cidade foi criada imitando a antiga capital Ayuttahaya. Hoje em dia muitos foram eliminados para aumentar a rede viária.

Tailândia e Bangkok têm uma peculiaridade: nunca foram colonizadas por uma potência europeia! Aproveitando a rivalidade franco-britânica na região, se tornaram um estado ponte entre os países do sudeste asiático influenciados pelos franceses (Indochina) e pelos britânicos (Índia e Birmânia).

Sua independência teve um preço. Siam teve que assinar um acordo comercial benéfico para os interesses britânicos e ceder três províncias meridionais que hoje fazem parte da Malásia.

Durante a Segunda Guerra Mundial, a Tailândia se aliou ao Japão e Bangkok sofreu o bombardeio dos aliados durante 1944 e 1945. Depois da derrota japonesa, a Tailândia se tornou aliada dos Estados Unidos.

Desde o final da grande guerra até a década de 1990, a Tailândia vive uma conturbada história, com diversos golpes de estado. Hoje se define a si mesma como uma democracia moderna.

Com um pujante turismo que favoreceu seu rápido crescimento, Bangkok se tornou uma das principais cidades do sudeste asiático. É a sede da Comissão Econômica e Social para a Ásia e Pacífico das Nações Unidas e de outros escritórios regionais da ONU.